Pesquisar este blog

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Verdade Sobre Os Amigos


"Um jovem recém casado estava sentado num sofá num dia quente e úmido, bebericando chá gelado durante uma visita ao seu pai.

Ao conversarem sobre a vida, o casamento, as responsabilidades, as obrigações da pessoa adulta, o pai remexia pensativamente os cubos de gelo no seu copo e lançou um olhar claro e sóbrio para seu filho.
-Nunca esqueça de seus amigos, aconselhou! Serão mais importantes na medida em que vc envelhecer.
Independentemente do quanto você ame sua família, os filhos que porventura venham a ter, vc sempre precisará de amigos. Lembre-se de ocasionalmente ir a lugares com eles; faça coisas com eles. Telefone para eles...
Que estranho conselho! Pensou o jovem.. Acabo de ingressar no mundo dos casados. Sou adulto. Com certeza minha esposa e a família que iniciaremos serão tudo que necessito para dar sentido à minha vida!

Contudo, ele obedeceu ao pai. Manteve contato com seus amigos e anualmente aumentava o número de amigos.
Na medida em que os anos se passavam, ele foi compreendendo que seu pai sabia do que falava.
Na medida em que o tempo e a natureza realizam suas mudanças e mistérios sobre um homem, amigos são baluartes de sua vida..
Passados mais de 50 anos, eis o que aprendi:

O Tempo passa.
A vida acontece.
A distância separa.
As crianças crescem.
Os empregos vão e vêem.
O amor fica mais frouxo.
As pessoas não fazem o que deveriam fazer.
O coração se rompe.
Os pais morrem.
As carreiras terminam.
Mas...
Os verdadeiros amigos estão lá, não importa quanto tempo e quantos quilômetros estão entre vocês.
Um amigo nunca está mais distante do que o alcance de uma necessidade, torcendo por vc, intervindo em seu favor e esperando vc de braços abertos, abençoando sua vida!
Quando iniciamos esta aventura chamada VIDA, não sabíamos das incríveis alegrias ou tristezas que estavam adiante. Nem sabíamos o quanto precisaríamos uns dos outros."


 Um grande abraço a todos!

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Bem aventuranças

Uma pequena pausa para meditar...

Bem aventuranças


Bem-aventurados os pobres de espírito
Porque deles é o reino dos céus
Bem-aventurados os que choram
Porque serão consolados
Bem-aventurados os mansos
Porque eles herdarão a terra
Bem-aventurados os que têm
Fome e sede de justiça
Pois serão saciados


Exultai e alegrai-vos
Porque será grande
A vossa recompensa nos céus
Pois assim perseguiram os profetas
Que existiram antes de vós


Bem-aventurados os misericordiosos
Pois obterão misericórdia
Bem-aventurados os puros de coração
Pois verão a Deus


Bem-aventurados os pacificadores
Pois serão chamados filhos de Deus
Bem-aventurados os perseguidos
Por razões de justiça
Porque deles é o reino dos céus


Bem-aventurados sois vós
Quando vos injuriarem
Perseguirem e falsamente por minha causa
Vos caluniarem

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Oração a São Francisco de Assis

Ouvindo algumas mensagens espiritas, uma oração me chamou a atenção, a de São Francisco de Assis. Resolvi postar aqui para partilhar a mensagem! Realmente é um balsamo para o espirito!

Francisco de Assis nasceu na cidade de Assis, Úmbria, Itália, em 1182. Pertencia à burguesia, e dessa condição tirava todos os proveitos. Como seu pai, tentou o comércio, mas logo abandonou a idéia por não ter muito jeito para isso. Sonhou, então, com as glórias militares, procurando desta maneira alcançar o status que sua condição exigia. Contudo, em 1206 para espanto de todos, Francisco de Assis abandonou tudo, andando errante e maltrapilho, numa verdadeira afronta e protesto contra sua sociedade burguesa. Entregou-se totalmente a um estilo de vida fundado na pobreza, na simiplicidade de vida, no amor total a todas as criaturas. Com alguns amigos deu início ao que seria a Ordem dos Frades Menores ou Franciscanos. Com Santa Clara, sua dileta amiga, fundou a Ordem das Damas Pobres ou Clarissas. Em 1221, sob a inspiração de seu estilo de vida nasceu a Ordem Terceira para os leigos consagrados. O pobrezinho de Assis, como era chamado, foi uma criatura de paz e de bem, terno e amoroso. Amava os animais, as plantas e toda a natureza. Poeta, cantava o Sol, a Lua e as Estrelas. Sua alegria, sua simplicidade, sua ternura lhe granjearam estima e simpatia tais que fizeram dele um dos santos mais populares dos nossos dias.

**Aproveite para Visitar o Site da ManagerAD **

ORAÇÃO DA PAZ - 
Senhor! Fazei de mim um instrumento da vossa paz.
Onde houver ódio, que eu leve o amor.
Onde houver ofensa, que eu leve o perdão.
Onde houver discórdia, que eu leve a união.
Onde houver dúvidas, que eu leve a fé.
Onde houver erro, que eu leve a verdade.
Onde houver desespero, que eu leve a esperança.
Onde houver tristeza, que eu leve a alegria.
Onde houver trevas, que eu leve a luz.


Ó Mestre, fazei que eu procure mais:
consolar, que ser consolado;
compreender, que ser compreendido;
amar, que ser amado.
Pois é dando que se recebe.
É perdoando que se é perdoado.
E é morrendo que se vive para a vida eterna.


A Paz de Cristo a todos os amigos!!

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Aprendi...

Um dia desses, enquanto aguardava a vez na sala de espera, percebi, solta entre as revistas, uma folha de papel.

A curiosidade fez com que a tomasse, para ler o que estava escrito. Era uma bela mensagem que alguém havia escrito.

O título era interessante e curioso: Aprendi...

Dizia mais ou menos o seguinte:

::: Visite o Site ManagerAD :::

Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém; posso apenas dar boas razões para que gostem de mim e ter paciência, para que a vida faça o resto.

Aprendi que não importa o quanto certas coisas sejam importantes para mim. Tem gente que não dá a mínima e eu jamais conseguirei convencê-las.

Aprendi que posso passar anos construindo uma verdade e destruí-la em apenas alguns segundos; que posso usar meu charme por apenas 15 minutos, depois disso, preciso saber do que estou falando.

Eu aprendi... que posso fazer algo em um minuto e ter que responder por isso o resto da vida;

Que, por mais que se corte um pão em fatias, esse pão continua tendo duas faces, e o mesmo vale para tudo o que cortamos em nosso caminho.

Aprendi... que vai demorar muito para me transformar na pessoa que quero ser, e devo ter paciência.

Mas aprendi, também, que posso ir além dos limites que eu próprio coloquei.

Aprendi que preciso escolher entre controlar meus pensamentos ou ser controlado por eles;

Que os heróis são pessoas que fazem o que acham que devem fazer naquele momento, independentemente do medo que sentem.

Aprendi que perdoar exige muita prática; que há muita gente que gosta de mim, mas não consegue expressar isso.

Aprendi... que nos momentos mais difíceis a ajuda veio justamente daquela pessoa que eu achava que iria tentar piorar as coisas.

Aprendi que posso ficar furioso, tenho o direito de me irritar, mas não tenho o direito de ser cruel;

Que jamais posso dizer a uma criança que seus sonhos são impossíveis, pois seria uma tragédia para o mundo se eu conseguisse convencê-la disso.

Eu aprendi que meu melhor amigo vai me machucar de vez em quando, e que eu tenho que me acostumar com isso;

Que não é o bastante ser perdoado pelos outros, eu preciso me perdoar primeiro.

Aprendi que, não importa o quanto meu coração esteja sofrendo, o mundo não vai parar por causa disso.

Eu aprendi... que as circunstâncias de minha infância são responsáveis pelo que eu sou, mas não pelas escolhas que eu faço quando adulto.

Aprendi que, numa briga, eu preciso escolher de que lado estou, mesmo quando não quero me envolver;

Que, quando duas pessoas discutem, não significa que elas se odeiem; e quando duas pessoas não discutem não significa que elas se amem.

Aprendi que por mais que eu queira proteger os meus filhos, eles vão se machucar e eu também. Isso faz parte da vida.

Aprendi que a minha existência pode mudar para sempre, em poucas horas, por causa de gente que eu nunca vi antes.

Aprendi também que diplomas na parede não me fazem mais respeitável ou mais sábio.

Aprendi que as palavras de amor perdem o sentido, quando usadas sem critério.

E que amigos não são apenas para guardar no fundo do peito, mas para mostrar que são amigos.

Aprendi que certas pessoas vão embora da nossa vida de qualquer maneira, mesmo que desejemos retê-las para sempre.

Aprendi, afinal, que é difícil traçar uma linha entre ser gentil, não ferir as pessoas, e saber lutar pelas coisas em que acredito.

* * *

A mensagem é significativa, e sua autoria é atribuída a William Shakespeare.

Nós poderíamos simplesmente lê-la e guardá-la na memória, mas preferimos dividi-la com você.

Porque uma coisa nós também aprendemos: o que é bom deve ser divulgado.

Redação do Momento Espírita, com base em mensagem atribuída a William Shakespeare.
Disponível no CD Momento Espírita, v. 10, ed. Fep.
Em 06.07.2009

sábado, 27 de agosto de 2011

Que diferença faz um dia

Este vídeo faz parte da campanha Segunda sem Carne. O conteúdo é bem interessante e importante! Bom proveito!



quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Carta aberta ao Didi da Rede Globo NÃO DEIXE DE LER


Mais um texto recebido por e-mail, sei se é verdade os fatos e alegações citadas abaixo, mas que o texto resume meu pensamento, isso é verdade!

Já tivemos  novamente o
"CRIANÇA ESPERANÇA",
LEIA COM ATENÇÃO E SE ENTENDER QUE
DEVE, REPASSE AOS SEUS CONTATOS...

SE 30% DOS BRASILEIROS (AS) FIZESSEM O
QUE A SRA. ELIANE ESTÁ FAZENDO, O
BRASIL SERIA OUTRO.
PARABÉNS.




CARTA ABERTA DE ELIANE SINHASIQUE (jornalista e publicitária) PARA RENATO ARAGÃO (o Didi da REDE GLOBO DE TELEVISÃO) . . . . . !!!
Nota DEZ para essa mulher ! Parabéns !

Querido Didi,
Há alguns meses você vem me escrevendo pedindo uma doação mensal para enfrentar alguns problemas que comprometem o presente e o futuro de muitas crianças brasileiras. Eu não respondi aos seus apelos (apesar de ter gostado do lápis e das etiquetas com meu nome para colar nas correspondências) ..........
Achei que as cartas não deveriam ser endereçadas a mim. Agora, novamente, você me escreve preocupado por eu não ter atendido às suas solicitações.
Diante de sua insistência, me senti na obrigação de parar tudo e escrever uma resposta.
Não foi por " algum motivo " que não fiz a doação em dinheiro solicitada por você. São vários os motivos que me levam a não participar de sua campanha altruísta (se eu quisesse poderia escrever umas dez páginas sobre esses motivos).
Você diz, em sua última carta, que enquanto eu a estivesse lendo, uma criança estaria perdendo a chance de se desenvolver e aprender pela falta de investimentos em sua formação !
Didi, não tente me fazer sentir culpada. Essa jogada publicitária eu conheço muito bem. Êsse tipo de texto apelativo pode funcionar com muitas pessoas mas, comigo não.
Eu não sou ministra da educação. Não ordeno e nem priorizo as despesas das escolas e nem posso obrigar o filho do vizinho a freqüentar as salas de aula.
A minha parte eu já venho fazendo desde os 11 anos de idade, quando comecei a trabalhar na roça para ajudar meus pais no sustento da família.
Trabalhei muito e, te garanto, TRABALHO NÃO MATA NINGUEM! Muito pelo contrário, faz bem !
Estudei na escola da zona rural, fiz Supletivo, estudei à distância e muito antes de ser jornalista e publicitária eu já era uma micro- empresária. 
Didi, talvez você não tenha noção do quanto o GOVERNO FEDERAL tira do nosso suor para manter a saúde, a educação, a segurança e tudo o mais que o povo brasileiro precisa. 
Os impostos são muito altos ! Sem falar dos Impostos embutidos em cada alimento e em cada produto ou serviço que preciso comprar para o sustento e sobrevivência da minha família. 
Eu pago pela educação duas vezes: pago pela educação na escola pública, através dos impostos, e na escola particular, mensalmente,PORQUE SOMENTE A ESCOLA PÚBLICA NÃO ATENDE COM ENSINO DE QUALIDADE QUE, ACREDITO, MEUS DOIS FILHOS MERECEM!!!
Não acho louvável recorrer à sociedade para resolver um problema que nem deveria existir, pelo volume de dinheiro arrecadado em nome da educação e de tantos outros problemas sociais !O que está acontecendo, meu caro Didi, é que os administradores dessa dinheirama toda não veêm a educação como prioridade!
PARA ÊLES, A EDUCAÇÃO LHES RETIRA A SUBSERVIÊNCIA E ÊSSE FATO, POR SI SÓ, NÃO INTERESSA AOS POLÍTICOS QUE ESTÃO NO PODER. POR ISSO, O DINHEIRO ESTÁ SAINDO PELO RALO; ESTÃO JOGANDO FORA , OU APLICANDO MUITO MAL !!!
Para você ter uma idéia, na minha cidade cada alimentação de um presidiário custa para os cofres públicos R$ 8,82 (oito reais e oitenta e dois centavos), enquanto que a merenda de uma criança na escola pública custa R$ 0,20 (vinte centavos) !!! O governo precisa rever suas prioridades, você não concorda ? Você pode ajudar a mudar isso ! Não acha ?
Você diz em sua carta que não dá para aceitar que um brasileiro se torne adulto sem compreender um texto simples ou conseguir fazer uma conta de matemática. Concordo com você !
É por isso que sua carta não deveria ser endereçada à minha pessoa. Deveria ser endereçada à Presidente da República !!!
Ela é "a cara" !!! Ela é quem tem a chave do cofre e a vontade política para aplicar os recursos !
Eu e mais milhares de pessoas só colocamos o dinheiro lá para que ela faça o que for correto e necessário para melhorar a qualidade de vida das pessoas do país, sem nenhum tipo de distinção ou discriminação. MAS, NÃO É O QUE ACONTECE !!!
No último parágrafo da sua carta, você joga, mais uma vez, a responsabilidade para cima de mim, dizendo que as crianças precisam da "minha doação" e que a "minha doação" faz toda a diferença...
Lamento discordar de você, Didi !!! Com o valor da doação mínima de R$ 15,00 (quinze reais) eu posso comprar 12 quilos de arroz para alimentar minha família por um mês, ou posso comprar pão para o café da manhã para 10 dias..... !!!
Didi, você pode até me chamar de muquirana, não me importo, mas, R$ 15,00 (quinze reais) eu não vou doar! Minha doação mensal já é muito grande. Se você não sabe, eu faço doações mensais de 27,5% de tudo o que ganho !!!
Isso significa que o governo leva mais de um terço de tudo que eu recebo e posso te garantir que essa grana, se ficasse comigo, seria muito melhor aplicada na qualidade de vida da minha família !
Você sabia que para pagar os impostos eu tenho que dizer NÃO para quase tudo que meus filhos querem ou precisam ? Meu filho de 12 anos quer praticar tênis e eu não posso pagar as aulas que são caras demais para nosso padrão de vida. Você acha isso justo ? Acredito que não. Você é um homem de bom-senso e saberá entender os meus motivos para não colaborar com sua campanha pela educação brasileira.
Outra coisa Didi, MANDE UMA CARTA PARA A PRESIDENTE "DILMA" pedindo para ela selecionar melhor os ministros e também os professores das escolas públicas ! Só escolher quem, de fato, tem vocação para ser ministro e para o ensino.
Melhorar os salários daqueles profissionais também funciona para que êles tomem gosto pela profissão e vistam, de fato, a camisa da educação ! Peça para ela, também, fazer escolas de horário integral, escolas em que as crianças possam, além de ler, escrever e fazer contas, possam desenvolver dons artísticos, esportivos e habilidades profissionais. Dinheiro para isso está sobrando sim ! Diga para ela priorizar a educação e utilizar melhor os recursos.
Bem, você assina suas cartas com o pomposo título de Embaixador Especial do Unicef para Crianças Brasileiras e eu vou me despedindo assinando... Eliane Sinhasique - Mantenedora Principal dos Dois Filhos que Pari !!!
P.S.: Não me mande outra carta pedindo dinheiro. Se você mandar, serei obrigada a ser mal-educada: vou rasgá-la antes de abrir.
PS2* Aos otários que doaram para o criança esperança, fiquem sabendo : AS ORGANIZAÇÕES GLOBO ENTREGAM TODO O DINHEIRO ARRECADADO À UNICEF E RECEBEM UM RECIBO DO VALOR PARA DEDUÇÃO DO SEU IMPOSTO DE RENDA !!!
Para vocês a Rede Globo anuncia: essa doação não poderá ser deduzida do seu imposto de renda !
PORQUÊ É ELA QUEM O FAZ !!!
PS3* E O DINHEIRO DA CPMF QUE PAGAMOS DURANTE 11(ONZE) ANOS?
MELHOROU ALGUMA COISA NA EDUCAÇÃO E NA SAÚDE DURANTE ESSES ANOS?
BRASILEIROS PATRIOTAS (e feitos de idiotas) !!!DIVULGUEM ESSA REVOLTA.... 

isto deveria chegar a Brasilia, não acha ??


domingo, 21 de agosto de 2011

Os vampiros de energias

Recebi este texto por e-mail e achei que seria muito útil refletir sobre ele e partilhar na web, boa leitura.

Os vampiros de energias
por Vera Caballero*
Todos nós os conhecemos, sabemos como são, como se vestem, como agem e seus propósitos: sugar o sangue de suas vítimas, pois só assim sobrevivem.
Esses são os vampiros dos filmes, seres errantes
de capa preta e grandes dentes, ávidos por sangue, que andam pelas sombras em busca de suas vítimas.
Mas existe um tipo de vampiro que convivemos diariamente - os vampiros de energia. Eles podem ser nosso irmão, marido ou esposa, empregado, amigo, vizinho, gerente do banco, ou seja, qualquer um do nosso convívio. Eles roubam energia vital, comum no universo, mas que eles não conseguem receber.
Mas, afinal, por que estas pessoas sugam nossa energia? 
Bem, em primeiro lugar a maioria dos vampiros de energia atua inconscientemente, sugando a energia sem saber o que estão fazendo. Isso acontece porque elas não conseguem absorver as energias das fontes naturais e ficam desequilibradas energeticamente.
Quando essas pessoas bloqueiam o recebimento destas energias naturais (ou vitais), precisam encontrar outras fontes mais próximas, que nada mais são do que as pessoas ao redor. Na verdade, quase todos nós, num momento ou outro da vida, quando nos encontramos em um estado de desequilíbrio, acabamos nos tornando vampiros da energia alheia.

Como identificar e combater essas pessoas?
1. Vampiro cobrador: cobra sempre, de tudo e todos. Quando nos encontramos com ele, já vem cobrando o porquê não lhe telefonamos ou visitamos. Se você vestir a carapuça e se sentir culpado, abrirá as portas. O melhor é usar de sua própria arma, cobrando de volta e perguntando por que ele não liga ou aparece. Deixe-o confuso, sem tempo para retrucar e se retire rapidamente. 

2. Vampiro crítico: crítica tudo e todos, e o pior que é só critica negativamente. Vê a vida somente pelo lado sombrio. A maledicência tende a criar na vítima um estado de alma escuro e pesado, que abrirá seu sistema para que a energia seja sugada. Diga "não " à suas críticas e nunca concorde com ele. A vida não é tão negra assim. O melhor é cair fora e cortar o contato. 

3. Vampiro adulador: o famoso puxa-saco. Adula o ego da vítima, cobrindo-a de elogios falsos, tentando seduzi-la. Muito cuidado para não dar ouvidos ao adulador, pois ele espera que o orgulho da vítima abra as portas da aura para sugar a energia. 

4. Vampiro reclamador: reclama de tudo e de todos. Opõe-se a tudo, exige, reivindica, protesta sem parar. O mais engraçado é que nem sempre dispõe de argumentos sólidos e válidos para justificar seus protestos. A melhor tática é deixá-lo falando sozinho. 

5. Vampiro inquiridor: sua língua é uma metralhadora. Dispara perguntas sobre tudo e não dá tempo para que a vítima responda. Na verdade ele não quer respostas mas sim desestabilizar o equilíbrio mental da vítima, perturbando seu fluxo de pensamentos. Para sair de suas garras, não se ocupe à procura de respostas. Reaja fazendo-lhe uma pergunta bem pessoal, contundente e procure se afastar assim que possível. 

6. Vampiro lamentoso: são os lamentadores profissionais, que anos a fio choram sua desgraças. Para sugar a energia da vítima, ataca pelo lado emocional e afetivo. Chora, lamenta-se e faz de tudo para despertar pena. É sempre o coitado, a vítima. Corte suas lamentações dizendo que não gosta de queixas, pois elas não resolvem situação alguma. 

7. Vampiro pegajoso: investe contra as portas da sensualidade e sexualidade da vítima. Parece um polvo querendo envolver a pessoa com seus tentáculos. Ele suga a energia seduzindo ou provocando náuseas e repulsa. Nos dois casos você estará desestabilizado e vulnerável. Invente uma desculpa e fuja rapidamente.

8. Vampiro grilo-falante: a porta de entrada que ele quer arrombar é o seu ouvido. Pode falar durante horas, e enquanto mantém a atenção da vítima ocupada, suga sua energia vital. Para livrar-se invente uma desculpa, levante-se e vá embora. 

9. Vampiro hipocondríaco: cada dia aparece com uma doença nova. É desse jeito que chama a atenção dos outros, despertando preocupação e cuidados. Enquanto descreve os pormenores de seus males e conta seus infindáveis sofrimentos, rouba a energia do ouvinte, que depois sente-se péssimo. 

10. Vampiro encrenqueiro: para ele o mundo é um campo de batalha onde as coisas só são resolvidas na base do tapa. Quer que a vítima compre sua briga, provocando nela um estado raivoso, irado e agressivo. Esse é um dos métodos mais eficientes para desestabilizar a vítima e roubar-lhe a energia. Não dê campo para a agressividade, procure manter a calma e corte laços com este vampiro.
Bem , agora que você já conhece como agem os vampiros de energia, livre-se deles o mais rápido possível. Mas, não esqueça de verificar se você, sem querer é obvio, não faz parte dessa lista...

*Vera Caballero é jornalista, orientadora metafísica e professora de bioenergias e proteção psíquica.

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Estamos surdos nesta vida

Estamos surdos nesta vida
Isso mesmo, estamos completamente surdos! Mas não estou me referindo à deficiência física no aparelho auditivo, me refiro àquilo que deixamos de ouvir no nosso dia-a-dia.

Quantos de nós conseguimos reparar no cantar dos pássaros, no assoviar do vento, no dançar das árvores, na melodia do mar, na limpeza da chuva e até mesmo nos estrondosos trovões? Quem consegue lembrar-se destes sons da natureza e apreciá-los em toda sua beleza?

Dia após dia, fazemos de conta que não estamos ouvindo as conversas de pessoas a nossa volta ou nosso caminho. Aquele irmão, aquela tia, pais, avós, vizinhos, professores, colegas de trabalho, aquela pessoa que senta ao seu lado no ônibus, pedintes nas sinaleiras, entregadores de anúncios pelas ruas, enfim, todas as pessoas que tentam puxar conversa conosco e “fingimos” não ouvi-las. O que na verdade não seria fingir, e sim ignorar o irmão nosso.
Com o passar do tempo, nosso fingimento acaba se transformando em surdez profunda e realmente não ouvimos mais os apelos da sociedade a nossa volta. Estamos tão envolvidos na nossa “correria” que deixamos pequenos momentos passarem despercebidos aos nossos ouvidos.

Ignoramos irmãos que procuram uma palavra de consolo, um ombro amigo, um pouco de atenção, uma moeda para matar a fome. Tudo isso pela nossa superficial superioridade em relação às situações, quando muitas vezes, nós também estamos desnorteados no mundo, precisando de uma luz, de um amigo...

Precisamos resolver este problema de surdez, deixar os sons de Deus voltar a nossa vida! Ouvir é sempre uma ótima idéia.



sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Novo site no Ar

   Ontem coloquei no ar o site da ManagerAD, que é meu, já fazia algum tempo que o domínio estava registrado mas ainda não havia definido o layout.
   Estou entrando no ramo de criação de sites e este é o meu site de divulgação.


Agora o site esta  na versão oficial. De uma passada lá e avalie todos itens que achar necessário.

O site é o www.managerad.com.br e aguardo sua visita!

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Porque algumas mulheres tem dificuldades de engravidar

   Video do programa Transição - A visão espirita para  um novo tempo. Entrevista com o médium Divaldo Pereira Franco.
   Ele fala sobre Porque algumas mulheres tem dificuldades de engravidar e Desencarnação de Crianças. Vale a pena escutar cada palavra desta entrevista, é algo divino.




A Paz de Cristo a todos!!

Aproveite para visitar o site: ManagerAD

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Deus te Perdoa, Tome uma Atitude!

Havia um pequeno menino que visitou seus avós em sua fazenda.
Foi lhe dado um estilingue para brincar no mato. 

Ele praticou na floresta, mas nunca conseguiu acertar o alvo. 
Ficando um pouco desanimado, ele voltou para o jantar. 
Como ele estava andando para trás, viu o pato de estimação da vovó... 
Em um impulso, ele acertou o pato na cabeça e matou-o. Ele ficou chocado e triste! 
Em pânico, ele escondeu o pato morto na pilha de madeira! 
Sally (sua irmã) tinha visto tudo, mas ela não disse nada. 
Após o almoço no dia seguinte, a avó disse: "Sally, vamos lavar a louça" 
Mas Sally disse: " Vovó, Johnny me disse que queria ajudar na cozinha " 
Em seguida, ela sussurrou-lhe: "Lembra-te do pato? ' 
Assim, Johnny lavou os pratos. 
Mais tarde naquele dia, vovô perguntou se as crianças queriam ir pescar e vovó disse: 
"Me desculpe, mas eu preciso de Sally para ajudar a fazer o jantar." 
Sally apenas sorriu e disse, "está tudo certo, porque Johnny me disse que queria ajudar" 
Ela sussurrou novamente, "Lembra-te do pato?" 
Então Sally foi pescar e Johnny ficou para ajudar.

Após vários dias de Johnny fazendo o trabalho de Sally, ele finalmente não aguentava mais. 

Ele veio com a avó e confessou que tinha matado o pato. 
A avó ajoelhou, deu-lhe um abraço e disse: 
"Querido, eu sei... eu estava na janela e vi a coisa toda, mas porque eu te amo, eu te perdoei. 
Eu só estava me perguntando quanto tempo você iria deixar Sally fazer de você um escravo." 
Pensamento do dia e todos os dias depois: 
Qualquer que seja o seu passado, o que você tem feito... 
O diabo fica jogando-o no seu rosto (mentir, enganar, a dívida, medo, maus hábitos, ódio, raiva, amargura, etc ).... 
seja o que for... Você precisa saber que:

Deus estava de pé na janela e viu a coisa toda.

Ele viu toda a sua vida ... Ele quer que você saiba que Ele te ama e que você está perdoado. 

Ele está apenas querendo saber quanto tempo você vai deixar o diabo fazer um escravo de você. 
A grande coisa acerca de Deus é que quando você pedir perdão, Ele não só perdoa, mas Ele se esquece. 
É pela graça e misericórdia de Deus que somos salvos. 
Vá em frente e faça a diferença na vida de alguém hoje. 
Compartilhe esta mensagem com um amigo e lembre-se sempre:
Deus está à janela!


Aproveite para visitar o site: ManagerAD

terça-feira, 31 de maio de 2011

Houve uma vez dois amigos

Houve uma vez dois amigos:

 Eles eram inseparáveis, eram uma só Alma. Mas por alguma razão seus caminhos tomaram dois rumos distintos e se separaram.
 

E ISTO INICIOU ASSIM:
Eu nunca voltei a saber do meu amigo até o dia de ontem, depois de 10 anos, que caminhando pela rua me encontrei com a mãe dele.

A comprimentei e perguntei por meu amigo. Nesse momento seus olhos se encheram de lágrimas e me olhou nos olhos dizendo:
-Morreu ontem...
Não soube o que dizer a ela, ela seguia me olhando e então perguntei como ele tinha morrido.
Ela me convidou a ir a sua casa, ao chegar ali me chamou para sentar na velha sala onde passei grande parte de minha vida, sempre brincávamos ali, meu amigo e eu.
Me sentei e ela começou a contar-me a triste história.
Fazia 2 anos que diagnosticaram uma rara enfermidade, e sua cura dependia de receber todo mês uma transfusão de sangue durante 3 meses, mas... Recorda que seu sangue era muito raro?
Sim, eu sei, igual ao meu...
 
Ele dizia que da única pessoa que receberia sangue seria de ti, mas não quiz que te procurássemos, ele dizia todas as noites:
-Não o procurem, tenho certeza que amanhã ele virá...
Assim passaram os meses, e todas as noites se sentava nessa mesma cadeira onde estás tu sentado e orava para que te lembrastes dele  e viesse na manhã seguinte.
Assim acabou sua vida e ontem na última noite de sua vida, estava muito mal, e sorrindo me disse:
-Mãe, eu sei que logo meu amigo virá, pergunta pra ele por que demorou tanto e entrega a ele esse bilhete que está na minha gaveta.
A senhora se levantou, regressou e me entregou o bilhete que dizia:

Meu amigo, sabia que virias, tardastes um pouco mas não importa, o importante é que viestes. Agora estou te esperando em outro lugar, espero que demores a chegar aqui, mas enquanto isso quero dizer desde o céu tens um amigo cuidando de ti, meu querido melhor amigo. Ah, por certo, te recordas porquê nós nos distanciamos? Sim, foi porque não quiz te emprestar minha bola nova, rsrs, que tempos heim... Éramos insuportáveis, bom pois quero dizer que te dou ela de presente e espero que gostes muito. Amo você! Teu amigo de sempre e para sempre!
 

"Não deixes que teu orgulho possa mais que teu coração...

A amizade é como o mar, se vê o princípio mas não o final..."




Aproveite para visitar o site: ManagerAD

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Um lindo céu


Ontem quando estava retornando para casa, por volta de 7h, fui contemplado com a visão do nascer do sol. Uma visão maravilhosa, o sol radioso cobria a horizonte de um laranja tão belo que me deixou encantado. Sua luz era tão forte que não me deixava encará-lo, mas ao mesmo tempo, era uma luz que atraia minha atenção para ele. A certo ponto, as nuvens cobriram o sol, podendo ele ser visto como que através de uma leve cortina, o que não diminuía seu encanto.

A sensação de paz que me envolvia era divina O calor que me era passado, parecia como um abraço muito forte e carinhoso. A energia vinda daquele astro me revigorou as forças no instante em que o olhei.

Parei-me a pensar nas obras que Deus fez para nós, todas as belezas da natureza, paisagens que só poderiam ser idealizadas e criadas por um ser divinamente supremo e amoroso. Paisagens com tamanho amor e perfeição, que nenhum ser humano poderia sonhar em realizar. Grandes dádivas generosamente cedidas a seres tão humildes como nós!

Todos os dias o mesmo sol nasce no mesmo horizonte, mas quantas vezes paramos para admirá-lo? Quantas vezes paramos para receber o calor divino? Quantas paisagens tão belas que não admiramos? Por causa da nossa agitação e correria diária, não reparamos nas arvores tão bem esculpidas para renovar nosso ar... Não reparamos na linda melodia dos pássaros que louvam a Deus todos os dias... Nem mesmo o luar temos tido tempo para admirar, ele que é tido como luz dos apaixonados...

Nossa vida está passando tão depressa e não estamos conseguindo absorver as maravilhas que Deus prepara para nós. Na nossa imperfeição, não somos capazes nem de agradecer pelas dádivas que nos são oferecidas. Tudo isso graças ao tempo, a quem nos fazemos prisioneiros, pondo nele todas as culpas pela nossa ignorância e teimosia em aceitar que Deus nos ama e nos quer bem.

Aproveite para visitar: ManagerAD e Arte & Fotolito

sábado, 14 de maio de 2011

Que venha o novo referendo pelo desarmamento

Por Gil Cordeiro Dias Ferreira

Que venha o novo referendo pelo desarmamento. Votarei NÃO, como da primeira vez, e quantas forem necessárias. Até que os Governos Federal, Estaduais e Municipais, cada qual em sua competência, revoguem as leis que protegem bandidos, desarmem-os, prendam-os, invistam nos sistemas penitenciários, impeçam a entrada ilegal de armas no País e entendam de uma vez por todas que não lhe cabe desarmar cidadãos de bem.

Nesse ínterim, proponho que outras questões sejam inseridas no referendo:
Voto facultativo? SIM! Apenas 2 Senadores por Estado? SIM! Reduzir pela metade os Deputados Federais e Estaduais e os Vereadores? SIM!

Acesso a cargos públicos exclusivamente por concurso, e não por nepotismo? SIM! Reduzir os 37 Ministérios para 12? SIM! Cláusula de bloqueio para partidos nanicos sem voto? SIM! Fidelidade partidária absoluta? SIM! Férias de apenas 30 dias para todos os políticos e juízes? SIM! Ampliação do Ficha-limpa? SIM!

Fim de todas as mordomias de integrantes dos três poderes, nas três esferas? SIM! Cadeia imediata para quem desviar dinheiro público? SIM!
Fim dos suplentes de Senador sem votos? SIM! Redução dos 20.000 funcionários do Congresso para um terço? SIM!

Voto em lista fechada? NÃO! Financiamento público das campanhas? NÃO! Horário Eleitoral obrigatório? NÃO!

Maioridade penal aos 16 anos para quem tirar título de eleitor? SIM! Um BASTA! na politicagem rasteira que se pratica no Brasil? SIM !!!!!!!!!!!

terça-feira, 10 de maio de 2011

Bin Laden está Morto

Esta noticia chamou a atenção, não só a minha mas, de todo o mundo, foi divulgada simultaneamente para todo o planeta, em todos os meios de comunicação.

Mas o que me chamou a atenção foi à sensação de alegria com que a mensagem era passada, como se fosse uma data comemorativa, ou a descoberta da cura de uma doença, mas que na verdade era a noticia da morte uma pessoa, um ser humana igual a nós todos!

Vi nos jornais a euforia do povo nas ruas “comemorando” a morte de Bin laden. Li num jornal que a noticia era comemorada com “jubilo” pelas redes sociais. Comemorando, como se o assassinato de uma pessoa fosse motivo de comemoração.

Onde foi para o amor de Jesus nesta hora? Todo ensinamento que a humanidade vem “aprendendo” ao longo dos séculos é pura ilusão? Os livros classificam como “racionais” os seres humanos, matar pessoas é ser racional? Porque se deixam levar pela política e sentimento de poder àqueles que são feitos de carne como todos os outros?

Não estou falando de política, nem apoiando alguma causa ou mesmo a favor de algum lado. Estou expondo meu sentimento de tristeza pelo momento que vivemos. Com tanto desenvolvimento tecnológico, estudos sobre tantas matérias e seres, teorias de evolução, etc. e não conseguimos conter o desejo primitivo de matar um semelhante!?

Onde foram para as organizações humanitárias nesta hora? ONU, Direitos humanos, e tantas outras organizações que vemos todos os dias nos noticiários falando sobre a importância de preservar o direito a vida...

Isto sem falar em como a mídia consegue influenciar e manipular a massa popular, transformando uma tragédia em um fato maravilhoso. Estão combatendo o terrorismo! Mas que são os terroristas a final das contas? O que vejo é um bando de pessoas carentes de um rumo a seguir, carentes de fé, de esperança, indo contra os ensinamentos do Cristo, contra a lei básica do Amai-vos uns aos outros, contra um os mandamentos, Não Matarás, contra a lei dos homens, respeitar o próximo. .

Mas apesar de todas estas notícias trágicas para mim, temos que acreditar. Acreditar que um novo mundo é possível, um mundo de amor e paz, onde haverá união entre os povos e alegria no rosto dos homens. Quem sabe né!?

terça-feira, 19 de abril de 2011

Amizade pode Salvar um Amigo

Ontem conversando com uma amiga, lembrávamos do tempo de grupo, e das inúmeras reuniões sobre amizade..Já não agüentávamos mais falar sobre este tema, mas durante a noite estive pensando e a indagação voltou, Falar mais uma vez sobre Amizade??

Devemos falar sempre em amizade! Quem sabe assim consigamos realmente entender o que significa ser amigo!? Mas ser amigo é fácil, me dizem alguns. É tão fácil ser amigo, que quando se precisa de uma pessoa ao seu lado, ninguém aparece, todos te viram as costas quando um problema ocorre.

Nesta hora em que deveria prestar apoio, deixo a amizade de lado querendo apenas julgar uma pessoa, onde fica minha amizade? Qual sentimento posso ter neste momento? De amigo a vilão em um momento, do amor ao ódio, do certo ao errado... Mas quem estaria certo? E quem estaria errado?

Um amigo para apoiar, as vezes apenas para ouvir o desabafo naquele momento, não para cobrar ou repreender.. Porque é tão difícil sermos este amigo? Não seria assim a tal amizade? A capacidade de dar um ombro amigo ao necessitado, uma luz a quem está perdido no escuro, levantar o caído.

Quando ver algum amigo perdido nas armadilhas da vida, não hesite em oferecer seu abraço. Para quem está desiludido , um pouco de amor pode ser como a luz de um farol em meio a tempestade! Só é amigo aquele que ama o seu próximo como a si mesmo! É possível salvar um amigo com sua amizade!

Sei que fui confuso neste texto, mas o pensamento está confuso mesmo. Abraços

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Alegres Vegetarianos

Achei este texto na net, e como estou mudando meus habitos alimentares, tirando a carne da alimentação, achei que veio no momento oportuno. Após ler a mensagem, assista ao video, é demais!!!

Ser Vegetariano ...

É ser mais humano e perceber a vida por uma perspectiva evolutiva e até espiritual.

E sentir-se terrestre como a árvore que doa seus frutos

Sentir-se extraterrestre, como o Sol que doa sua luz

Ser vegetariano é sorrir para a vida

Alegrar-se com pequenas e simples coisas

E olhar os animais com carinho e com respeito

É ouvir a voz dos que não falam

É pensar por aqueles que não podem dizer o que pensam.

Ser vegetariano é questionar os padrões antigos e errados

e aventurar-se no novo com coragem.

Ser vegetariano é ser parte da humanidade do futuro

é ver e voar mais alto

É amar a VIDA e viver!

Seja Vegetariano!

"A carne é o alimento de certos animais.
Todavia, nem todos, pois os bois, os cavalos
e os elefantes se almentam de ervas.
Só os que tem índole bravia e feroz, os tigres,
os leões,etc. podem saciar-se em sangue.
Que horros é engordar um corpo com outro corpo,
viver da morte de seres vivos..."
Pitagoras

Assista ao videohttp://www.themeatrix.com/intl/brazil

Fonte: http://www.alegresvegetarianos.com/

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Amigos São Como Árvores...



Uma árvore nunca fica de costas para ninguém.
Dê uma volta em torno dela,
e a árvore estará sempre de frente para si.
OS VERDADEIROS AMIGOS TAMBÉM!

Quem planta árvores, cria raízes.
QUEM CULTIVA BONS AMIGOS, TAMBÉM!

As árvores, como os amigos,
produzem beleza para os olhos,
na mudança sutil de suas cores.
A árvore é sombra protetora, como os amigos;
sombra que varia com o dia, que avança em variados rendados de luz semelhantes às estrelas...

Dizem os chineses:
Árvore plantada com amor,
nenhum vento derruba!
UMA VERDADEIRA AMIZADE, TAMBÉM!

As árvores são sinônimo de eternidade,
UMA VERDADEIRA AMIZADE TAMBÉM É PARA SEMPRE!!

domingo, 20 de fevereiro de 2011

Sopre as Cinzas

Quem feriu você já feriu e já passou...
Lá na frente encontrará o inevitável retorno e pelas mãos de outrem será ferido também.
A vida se encarregará de dar-lhe o troco e você, talvez, nem jamais fique sabendo.
O que importa de verdade é o que você sentiu e, mais importante, é o que ainda você sente:
Mágoa? Rancor?Ressentimento? Ódio?
Você consegue perceber que esses sentimentos foram escolhidos por você?
Somos nós que escolhemos o que sentir diante de agressões e de ofensas.
Quem nos faz o mal é responsável pelo que faz, mas NÓS somos responsáveis pelo que sentimos.
Essa responsabilidade tem a ver com o Amor que devemos e temos que sentir por nós mesmos.
O ofensor fez o que fez e o momento passou, mas o que ficou aí dentro de você?
MÁGOA- Você sabia que de todas as drogas ela é a mais cancerígena?
Pela sua própria saúde,jogue-a fora.
RANCOR- Ele é como um alimento preparado com veneno irreconhecível: dia mais, dia menos, você poderá contrair doenças de cujas origens nem suspeitará.
RESSENTIMENTO- Pois imagine-se vivendo dentro de um ambiente constantemente poluído, enfumaçado, repleto de bactérias e de incontáveis tipos de vírus: é isso que seu coração e seus pulmões estão tentando agüentar.
Até quando você acha que eles vão resistir?
ÓDIO- Seus efeitos são paralisantes. Seu sistema imunológico entrará em conflito com esse veneno que com o tempo poderá colocar você face a face com a morte e talvez muito tarde você venha a perceber que melhor seria ter deixado que seu agressor colhesse os frutos do próprio plantio.
Por seu próprio Bem e pelo seu Bem, perdoe...
O perdão o libertará e o fará livre para ser feliz!
Esqueça o mal que lhe foi feito.
Deixe que seu ofensor lembre-se dele através das conseqüências com que, certamente, virá a arcar.
Mude seu destino ... seja o comandante da sua nau!
Escolha o melhor caminho para sua "viagem."
E se outras vezes o ferirem, perdoe ...Perdoe ...
Como Cristo perdoou os que o crucificaram.
Paz e Luz pra você!

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Os Quatro Meses

Outro dia foi o aniversário da partida de uma senhora
por muitos conhecida e muito querida.
Algum tempo antes, chegando de uma das dezenas de consultas
médicas que já fizera, ela disse aos familiares:

- Pedi franqueza à junta médica que me examinou,
pedi-lhes que não me poupassem
de saber a verdade sobre meu estado de saúde.
Eu sinto que me resta pouco tempo.

Diante dos olhares ansiosos, ela continuou:

- Eles me revelaram que sou portadora de uma moléstia incurável
e que minha previsão de vida é de aproximadamente 4 meses.

” E a senhora nos conta isso com essa naturalidade ? “,
perguntou uma das filhas, em prantos.

Continuou a senhora, com muita serenidade:

- Ora, eu tenho um bom tempo para fazer tudo que já devia ter feito há muito.

Arrumarei todos os meus armários, guardarei o que realmente uso
e o resto jogarei fora ou doarei a quem precisa.

Colocarei belas cortinas em todas as janelas e elas me impedirão
de ficar olhando a vida alheia.

Todos os dias tirarei o pó da casa e durante esse trabalho pensarei:
” Estou me livrando das sujeiras que guardei do passado “

Evitarei ouvir e assistir más notícias e alimentarei o meu espírito
com leituras saudáveis, conversas amigáveis, dispensarei fofocas
e não criticarei a mais ninguém.

Pensarei naqueles que já me magoaram e, com sinceridade, os perdoarei.

Todas as noites agradecerei a Deus por tudo que estarei conseguindo
fazer nestes últimos 4 meses que me restam.

Todas as manhãs, ao acordar, perguntarei a mim mesma:
” O que posso fazer para tornar o dia de hoje um dia melhor? “
E farei de tudo para transmitir felicidade àqueles que de mim se aproximarem.

E a cada dia que passar farei pelo menos uma boa ação.
Quatro meses são mais de 120 dias, portanto, quando eu fechar os olhos
para nunca mais abri-los, eu terei feito no mínimo 120 boas ações.

Todos que a ouviam, pouco a pouco se retiraram dali,
indo cada um para um canto, para chorar sozinho.

A mulher ali ficou e nos seus olhos havia um brilho de alegria.
Pensava consigo mesma:
” não posso curar meu corpo, mas posso mudar a vida que me resta “

Ela tinha uma grande tarefa:
transformar seu mundo interior, tornar-se uma pessoa
totalmente diferente do que já fôra – em apenas 4 meses -
e conseguiu cumpri-la plenamente.

Outro dia foi o aniversário da partida dessa senhora.
O mais curioso dessa história é que,
após a notícia dada aos familiares, ela viveu mais 23 anos.

Ela curou a sua própria alma e sua moléstia desapareceu :
ela morreu de velhice.
Silvia Schmidt

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

O Medo de Ensinar

Eis a pergunta do século, devo ensinar o "pulo do gato" aos colegas?

Esse assunto é um dos que mais me preocupam no dia-a-dia. Vejo diversos profissionais preocupados em serem demitidos ao regresso das férias, com medo de serem substituídos pelo colega que ficou no seu lugar durante as férias. Claro que não é apenas no ambiente profissional que temos este problema, mas é mais comum no trabalho.

Normalmente acontece com um colega novo na empresa ou no setor. Aquele colega mais experiente sabe que se ensinar tudo aquilo que conhece, deixará de ser "valioso" para o processo, o que ele faz então? Ensina o básico, o famoso B-A=BA. O que ele ganha com isso?! A falsa ilusão de ser insubstituível...

O que estas pessoas não percebem é que atitudes como estas, acabam prejudicando elas mesmas. É preciso lembrar: Aquilo que é dado à você, você deve dar a outra pessoa! O conhecimento deve ser repassado, transmitido para voltar a você ainda mais grandioso!! Devemos fazer como aquele homem à quem o seu senhor deu algumas moedas, ele investiu e triplicou aquilo que recebeu ou fazer como o outro homem, que recebeu as moedas e guardou para não perdê-las??

Quando ensinamos algo, aprendemos novamente aquilo que já sabemos e mantemos nossa mente aprendendo cada vez mais. Mas quando bloqueamos o nosso ensino, bloqueamos também, parte do nosso aprendizado. Ensinando algo para um colega, com o tempo ele pode melhorar aquilo que aprendeu e te ajudar a melhorar o seu aprendizado também...

Para aquele que souber multiplicar as moedas, muito mais lhe será dado!

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

O Dinheiro

Ontem estávamos debatendo sobre qual a situação mais difícil: Ter dinheiro, ou não ter dinheiro!?
Quando não temos ou temos pouco dinheiro, ficamos reclamando que precisamos de dinheiro. Passamos nossos dias atrás dele, sempre idealizando uma maneira de consegui-lo, de gastá-lo e achamos que seria tudo mais fácil e feliz com ele.
Já parou para pensar que, Deus te dá o necessário para o momento que você está vivendo? Se você tem pouco é porque precisa de pouco naquele momento. Se tem muito, é porque precisa naquele momento. E temos que aprender as lições que estão sendo dadas a todo momento, como dizia um amigo "nada acontece por acaso".
Imagine o tamanho da tentação que é estar no poder, com acesso a muito dinheiro. Não estou falando apenas de políticos, mas de todos os meios onde o dinheiro é manipulado. Como resistir a esta tentação deliciosa que é 'ser rico', ter dinheiro suficiente para fazer o que sempre quis?!
E para que queremos ter tanto dinheiro se precisamos de tão pouco? Quanto mais dinheiro nós temos, mais nós queremos ter e essa ganância parece não ter fim...
Alguns pontos que foram levantados e que são interessantes:
- O dinheiro serve para ser repartido;
- Não podemos alimentar apenas o corpo, mas também o espírito;
- Quanto mais você dividir, mais será dado a você;
Deixo aqui uma frase lida pela dona Ilva ontem, cujo autor eu ainda não sei:
"Aquele que acha que o dinheiro pode fazer qualquer coisa, faz qualquer coisa pelo dinheiro!"
Refletindo sobre este assunto me veio a cabeça o aumento insignificante dos nossos deputados, e ouvi no rádio esta manhã que eles vão barrar qualquer aumento acima de R$540,00 para o salário mínimo... Onde foi parar a coerência?

Diretório de Blogs

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Ano Novo, Sonhos Novos?!

   Um novo ano se inicia e vem a mente aquelas lembranças de tudo que ainda não fizemos e queremos fazer. Mas a pergunta que fica me incomodando é, Será que os sonhos são os mesmos? Será que queremos exatamente aquilo que queríamos no ano passado?
   Você não fez nada para se ajudar no ano que passou? Seus sonhos continuam os mesmos ou ganharam um desejo a mais?
   Pensando em meus sonhos e desejos para 2011, percebi que quero um pouquinho a mais em cada sonho, pelo menos comigo aconteceu isso... Aquela casa que venho sonhando, já precisa de uma janela a mais. Aquele trabalho sonhado, vai ter que ser mais lucrativo. Aquelas férias, vão ter quer mais aproveitadas...
   Enfim, penso que tudo que sonhávamos vai precisar de um pouquinho a mais, inclusive dedicação a mais! Não basta ficar sonhando e sonhando, temos que nos esforçar e buscar pelos nossos sonhos para que eles se realizem!
   Vamos ter um ano inteiro para lutar por estes sonhos, mas não podemos deixar mais um ano se passar e os sonhos se distanciarem...