Cada Povo Tem Os Governantes Que Merece


Olá queridos irmãos e companheiros de jornada, hoje me deparei com uma situação triste, que me faz acreditar cada vez mais que temos os governantes que merecemos!!
Fui utilizar o vale alimentação que ganhei ontem nas eleições, mas fui informado pelo comerciante que ele não estava aceitando aquele vale, ao questioná-lo sobre o motivo ele me disse que um lote daqueles tickets foi desviado antes das eleições e portanto aquele lote estava cancelado.

Desviar o vale alimentação que serviria para os mesários e todos os que trabalharam nas eleições se alimentarem é muita sacanagem!!

Mas o que esperar de um povo que sempre tenta tirar vantagem de tudo e de todos!? O que esperar de um povo que se acha esperto por ficar com troco a mais, dado por engano pelo funcionário do caixa em algum estabelecimento!? Ou que fura a fila do supermercado, achando que é mais importante que os demais seres que ali estão aguardando!? Ou o funcionário que cobra “um por fora” para realizar mais rapidamente um serviço para o qual ele fora contratado!? Ou que desvia alguma material ou serviço para receber um pouco a mais!?

Vemos candidatos alegando aos partidos que gastarão tal quantia para sua campanha, mas na verdade não utilizam todo aquele valor, apenas para “embolsarem” aquela quantia, que é do povo. Candidatos que oferecem propinas, cestas básicas, aterro, exames, consultas, etc, em troca de votos ou apoio político!

Enfim, as pessoas sempre dizem que estão sendo roubadas, mas elas também estão roubando...

Mas não teríamos este cenário se o ser humano tomasse consciência das suas obrigações e aprendesse a respeitar o seu próximo como a ele mesmo!! Se ao invés de votar naquele que tenta te comprar, votasse naquele que tenta promover uma melhora na cidade!
Realmente ainda estamos muito longe da política ideal, mas também estamos longe da moralidade ideal!
Abraços a todos!
Anderson Deula
Cada Povo Tem Os Governantes Que Merece Estamos longe da moralidade ideal!



Tags: Eleições, Política, Reflexão,